12 agosto 2004

Minerva

Adoro aquela tua maneira de ser,
Mais simples que a Natureza,
Que com um Olhar
Envenena qualquer
Coração perdido...!

Olho-te no olhos, quando
Te vejo nos meus sonhos,
Mas por mais que te ame,
Parece impossível
encontrar-te na altura certa!

Certamente nunca te iria
Conseguir dizer a verdade,
Porque quando falar
É a Solução as palavras
E os meus sentimentos
Parecem desaparecer,
Por entre,
Pensamentos e Receios,
Do que te haverei de dizer!

Lisboa, 2001
Enviar um comentário