19 julho 2004

Uma Noite...

Hoje Vi-te E Sorriste
E Infelizmente Ou Não
O Teu Sorriso Disse-me Tudo...

Tudo O Que As Palavras
Custariam A Dizer,
Magoariam A Sair.

Hoje O Teu Sorriso
Disse-me Aquilo Que Esperava,
E Ao Mesmo Tempo Aquilo
Que Eu Mais Temia.

Só Tenho Pena Que Não
Tivesse Demorado Mais;
Que O Tempo Não Nos Tivesse
Unido Toda A Noite
E Que O Acaso Não Nos Tivesse
Mantido Juntos Mais Tempo.

Hoje Quando Me Sorriste
Percebi Algo Que Me Parecera
Ter Esquecido À Muito...

Hoje, Sorri-te De Volta,
E Disse-te Nele Que Percebia
Aquilo Que Não Queríamos
Dizer Um Ao Outro.

Santarém, 2004
Enviar um comentário